8 de set de 2012

Estou sentada em minha cama, entre quatro paredes, porta trancada, guarda-roupa aberto e sozinha.
Algumas bagunças, admito; principalmente aqui dentro, do lado esquerdo do peito.
Mas essas bagunças não chegam ao ponto de me fazerem mal, está tudo bem.
Lá fora a chuva cai.. dos meus olhos também caem, não chuva, mas lágrimas. Porém elas também não me atrapalham.
Tava aqui lembrando dos velhos tempos, não tão velhos assim, tenho apenas 16 anos; amigos que passaram por mim e hoje eu sinto falta; amizades que a gente guarda lá no fundo do coração, mas tão lá no fundo que ás vezes se perdem. Amores. Esses não ficaram, não foram assim tão fortes. Que bom, hoje eu sei o que é amor.
E agora eu me sinto bem mais segura.. não tenho medo das lembranças do passado nem das incertezas do futuro; elas só vão me fazer crescer.
E agora eu me sinto bem mais segura, dentro do meu quarto ainda trancado, com minhas fotografias, cartas, convites...
   Além de sentimentos que só eu posso entender. Ou não.


    - Bruna Lago.
 
                 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi, queridas (os) .
Fiquem à vontade para comentar :)
Sua crítica ou o seu elogio vai me ajudar sempre .
- Quem me seguir, eu retribuo. Deixem o link de vocês.
Beijnhos